Recriar Escolas Psicopedagogia

 

  Através dos atendimentos realizados nos últimos anos de atuação, percebemos a necessidade de desenvolver um Projeto específico e personalizado para os alunos encaminhados pelas escolas; pensando nisso criamos o PROJETO RECRIAR ESCOLAS para o qual buscamos parceria com esta instituição.

 

    Após estudo profundo das demandas que se apresentam nos atendimentos psicoterapêuticos, observamos que grande parte está relacionada:

  • Dificuldades de aprendizagem sejam elas por hipótese cognitiva ou problemas comportamentais em sala de aula ou no ambiente escolar;
  • Conflitos emocionais ligados a mudanças na estrutura familiar;
  • Dificuldades familiares no cuidar e desenvolver dessas crianças e adolescentes;
  • Dificuldade de adaptação do aluno a uma nova escola e suas complexidades;
  • Problemas relacionais entre alunos e professores;
  • O praticar e o sofrer do bullying.

 

    O projeto é formado por uma equipe multidisciplinar composta por psicólogos, psicopedagogos e neuropsicólogos que avaliam crianças e adolescentes em seus aspectos cognitivos, de aprendizagem, emocionais, comportamentais.

 

   O programa está estruturado em 14 sessões, (que inclui uma visita à escola pelo psicopedagogo), com objetivo de realizar Psicodiagnóstico, no qual a criança e/ou o adolescente serão avaliados por equipe multidisciplinar. Durante o processo, o psicólogo já atuará de forma interventiva em situações emergenciais que venham a surgir durante as sessões.

 

   Vale salientar que o projeto está baseado em 14 sessões, mas eventualmente para a conclusão do psicodiagnóstico serão necessárias sessões adicionais a depender da evolução da criança/adolescente durante o período proposto. Neste caso, as sessões adicionais serão previamente autorizadas e acertadas com os responsáveis.

 

    As sessões serão realizadas na Recriar Clínica de Psicologia nos horários de preferência dos responsáveis, uma vez por semana, com duração de 50 minutos (salvo avaliação neuropsicológica que poderá ser de até 1:30) e de acordo com as agendas dos profissionais envolvidos.

 

   Na entrevista inicial já serão definidos os horários de todas as sessões e os responsáveis receberão o contrato com todas as informações sobre faltas, atrasos, reposições e a assinatura do contrato de trabalho.

 

    Durante o processo os responsáveis poderão ser chamados para participar das sessões, auxiliar no esclarecimento de questões e mesmo para orientações no tratar com a criança/adolescente.

 

Desenvolvimento do projeto:

 

1ª 2ª 3ª e 4ª sessões – Psicólogo:

 

   A avaliação psicológica é capaz de prover informações importantes para o desenvolvimento de hipóteses, por parte dos psicólogos, que levem à compreensão das características psicológicas e emocionais da criança/adolescente. O Psicodiagnóstico Interventivo é a prática da Psicologia Clínica que integra processos avaliativos e terapêuticos.

 

    Objetivos da avaliação Psicológica

  • Levantamento dos objetivos da avaliação e particularidades da criança/adolescente;
  • Coleta de informações pelos meios escolhidos (entrevistas, dinâmicas, observações e testes projetivos, etc);
  • Integração das informações e desenvolvimento das hipóteses iniciais;
  • Indicação das respostas à situação que motivou o processo de avaliação e comunicação cuidadosa dos resultados, com atenção aos procedimentos éticos implícitos e considerando as eventuais limitações da avaliação;

 

Durante a avaliação psicológica, será feito o atendimento dos responsáveis, compreensão dos motivos do encaminhamento e levantamento de dados (anamnese). Após este primeiro contato será feito o primeiro encontro com a criança/adolescente para explicação do processo.

 

5ª 6ª 7ª 8ª e 9ª sessões – Psicopedagoga:

 

    A Psicopedagogia se ocupa do processo de aprendizagem considerando a criança/adolescente, a família, a escola, a sociedade e o contexto sócio-histórico, utilizando procedimentos próprios. Através de testes selecionados que respeitam a idade do paciente e os critérios específicos a serem avaliados em cada um deles, são analisadas: habilidades matemáticas, praxia/motricidade, material escolar, comportamento, linguagem oral e gráfica.

 

   Durante o processo, o psicopedagogo realizará visita à escola, previamente autorizada pelos responsáveis e agendando com a coordenação/direção da escola, tendo como objetivo conhecer o ambiente ao qual a criança/adolescente está inserida.

 

Objetivos da avaliação Psicopedagógica:

  • Observar o perfil comunicativo e desempenho escolar da criança;
  • Identificar alterações na linguagem oral e escrita e na aritmética;

 

 

10ª 11ª 12ª 13ª sessões – Neuropsicólogo:  

 

    A neuropsicologia é a área da psicologia e das neurociências que estuda as relações entre sistema nervoso central, o funcionamento cognitivo e o comportamento. As funções avaliadas são: Inteligência, atenção, memória e aprendizagem, funções executivas, linguagem, percepções e funções visoespaciais, visuocontrução, motricidade, aspectos psicoafetivos, funcionalidade e comportamento adaptativo.

 

Objetivos da avaliação neuropsicológica:

  • Auxiliar no diagnóstico diferencial de quadro neurológico e transtornos psiquiátricos;
  • Investigar a natureza e o grau das alterações cognitivas e comportamentais. 

 

14ª sessão – Devolutiva aos responsáveis:

 

    Nesta sessão o psicólogo fará a devolutiva aos pais apresentando os resultados obtidos no processo do psicodiagnóstico em relatório, com as informações sobre os procedimentos, resultados, análise e conclusões preliminares da equipe.

O profissional abordará os aspectos analisados da criança/adolescente e todo o contexto familiar e escolar. Se necessário, será indicado continuidade do acompanhamento na respectiva especialidade, orientação de acompanhamento familiar ou a liberação de acordo com os resultados. Sendo autorizado pelos responsáveis, será fornecido relatório a escola que encaminhou a criança/adolescente.

 

        É importante o envolvimento além da criança/adolescente e a equipe multidisciplinar, a participação da família e escola colaborando mutuamente. O foco é sem dúvida o bem-estar das crianças e consequentemente todos a sua volta e esta é a forma para que possamos obter bons resultados.

separador.png